JORGE REIS SA

Poesia e Literatura de Excelência

O mundo da poesia e da literatura de excelência está repleto de nomes que fazem sonhar qualquer apreciador desses géneros literários.

Desde poetas portugueses como Fernando Pessoa e Florbela Espanca, até aos mais renomados autores internacionais, a literatura de excelência e a poesia transportam o leitor para o mais íntimo dos sentimentos humanos, transmitidos de forma única e muito pessoal pelos seus autores.

Estes géneros literários só conseguem ser de tal forma apelativos por exigirem dos escritores um nível de abertura e despojamento tais, que as palavras conseguem transmitir exatamente ao leitor aquilo que de mais pessoal existe na natureza humana.

A natureza humana

21 Aug 2019

Dizem os mais românticos que a natureza humana é feita de amor, e pela busca dele. Os mais céticos, discordam, e até chegam a pensar que o amor é apenas um sentimento criado e comercializado, e que a perfeição não existe. O que sabemos, e podemos afirmar, é que não há quem resista há uma boa dose de doçura, a qual não precisamos chamar de amor. A poesia é vista como essa doçura, no campo das humanidades. Desde tempos antigos, os apaixonados compunham sonetos e poemas para suas amadas. Não que isso vá a funcionar agora, mas que ler uma poesia doce ainda derrete muitos corações, isso sim!

A literatura como instrumento da história

A literatura anda de mãos dadas com a história. Em tempos delicados de diferente Eras, quem conta os fatos é a arte. Por sua vez, a literatura nos ajuda a contar uma boa parte da história, e a entendê-la. Do ponto de vista histórico, contar a parte sombria do sofrimento de uma guerra, as emoções de descobertas históricas, a fantasia adolescente das gerações passadas, têm a ajuda da literatura para nos fazer entender, na parte mais sensitiva dos acontecimentos. Uma viagem no tempo real. Outro aliado da literatura na contação da história é como o simples facto de tradições passadas de geração em geração nos ajudam também a entender a história. Jogos simples como dados, peças de montar, ou mesmo jogos de carta foram ensinados há milênios. Hoje em dia, se tornaram jogos de casino e que podemos nos divertir apostando, mas nem sempre foi assim. Por mais que possamos contar casinos com mais de um século de existência, os jogos de casino são ainda mais velhos, e contam a história de muitos povos, que assim, foram passando ensinamentos de geração em geração.